John Cleese contou qual foi o seu melhor momento no Monty Python

Querem saber qual foi o momento mais engraçado de John Cleese no Monty Python?

Pois ele contou isso em um evento de cultura pop.

Veja Mais Em: Monty Python é Melhor que a Comédia Americana

Na semana passada, aconteceu o Calgary Expo, uma convenção de cultura pop que aconteceu na cidade de Calgary, no Canadá.

John Cleese participou de um painel de humor, onde contou várias histórias e piadas. Quando chegou a hora dos fãs fazerem perguntas, um deles perguntou para Cleese qual foi seu momento favorito no Monty Python.

MONTY PYTHON

Cleese contou que, certo dia, ele e Graham Chapman se reuniram para escrever esquetes para a série Flying Circus. Um deles acabou virando o Esquete da Loja de Queijos.

Então, depois de terminado o roteiro, eles começaram a interpretar os personagens.

Só que, apesar de ser constantemente tranquilizado por Chapman de que era engraçado, Cleese ainda estava com dúvidas se o esquete era engraçado ou não.

REUNIÃO DE PAUTA

Foi então que, durante uma reunião de pauta que os Pythons faziam toda semana, John Cleese começou a ler o que ele e Chapman tinham escrito. “Houve um pouco de silêncio no início e meu estômago apertou. Eu pensei ‘Oh Deus, isso não é engraçado, afinal‘”.

Então Michael Palin, Deus o abençoe, começou a rir. Quanto mais continuávamos, mais ele ria. Então ele perdeu o controle. Eu nunca o vi rir tanto assim na minha vida. E então, ele deslizou da cadeira e rolou no chão. Esse foi o melhor momento que já passei no Monty Python.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.