O Coelho de Caerbannog realmente existiu na Idade Média?

Um dos melhores personagens do filme Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado é o Coelho de Caerbannog, uma fera bestial que guarda a caverna de mesmo nome.

Mas, esse coelho assassino realmente existiu?

Veja Mais Em: Pythoneando 09 – Sobre a transa de Brian e o Coelho Assassino

Como se trata de Monty Python, esse coelho pode parecer apenas um personagem usado para fazer humor. Acontece que os coelhos assassinos realmente fizeram parte da cultura medieval.

De acordo com a revista Super Interessante, os coelhos aparecem em ilustrações do século XIII, que eram “copiados por monges antes da invenção da prensa”.

Alguns dos livros feitos nos monastérios continham marginálias: pequenos desenhos decorativos feitos nas margens dos manuscritos.

SUBVERSIVO

Alguns desses desenhos eram completamente nonsense, e mostravam cavaleiros carregando suas cabeças nas mãos e mulheres dormindo com dragões. Além de um que retrata uma colheita de pênis.

Eles tinham vários significado, mas costumam ser interpretados como uma forma de humor subversivo.

Veja Mais Em: Sabia que Tem o Coelho de Caerbannog no Minecraft?

Mas o que isso tem a ver com Monty Python?

MONTY PYTHON

O coelho assassino era um dos personagens recorrentes dos desenhos. Eles apareciam armados com espadas ou machados nas patas enquanto lutavam contra aqueles que os caçavam.

Os desenhos eram uma forma de escape da sociedade feudal, cheia de misticismo e seriedade. Os artistas medievais trabalhavam com o cômico e o absurdo nessas ilustrações bizarras.

Como Terry Jones tinha Especialização em Estudos da Idade Média, é muito provável que a ideia de colocar esse personagem dentro do filme tenha sido dele.

E vocês, também acham que o Coelho de Caerbannog está entre os melhores personagens do filme?

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.