Por que soldados fazem o Andar Tolo na região entre Índia e Paquistão?

Esta semana, um monte de fãs de Monty Python começou a me marcar em posts do Twitter e Instagram que mostravam alguns soldados fazendo uma espécie de Andar Tolo.

Mas, afinal de contas, por que esses soldados fazem isso?

soldados fazem o andar tolo
Aqui, um soldado indiano apresenta o seu melhor Andar Tolo

Veja Mais Em: Revista Científica Publica Estudo Sobre o Andar Tolo

De acordo com o caderno Internacional do jornal O Estado de Minas, milhares de pessoas assistem a uma cerimônia militar que acontece todos os dias na fronteira entre a Índia e o Paquistão. “A disputa entre Nova Délhi e Islamabad é revivida pela confrontação teatral entre os soldados dos dois países”.

Os militares de ambos os exércitos se enfrentam em meio a aclamações populares. Um após o outro, os soldados indianos e paquistaneses demonstram sua agilidade de movimentos, olho no olho. Depois, baixam as bandeiras nacionais, e dois deles apertam as mãos

Então, os portões que separam os países se fecham.

CERIMÔNIA

O casal Wanderlust, do blog de mesmo nome, visitou a região e acompanhou de perto a cerimônia, em 2019.

De acordo com eles, o evento acontece na fronteira Attari-Wagah, e tudo começa com música de Bollywood do lado indiano, “que é o lado mais animado”.

Bem como a participação do público, que fica tão animado que parece até final de Copa do Mundo, tem até animador de torcida e pintura de bandeirinhas no rosto…rs.

Mas é só após às 17h que o espetáculo realmente acontece.

Dos dois lados, os soldados se preparam para o momento, e começam a exibir suas manobras, que consistem em uma espécie de competição de quem chuta mais alto. Esse é o verdadeiro espírito do Andar Tolo!

CONFLITO

Já faz 70 anos que essa região foi separada, logo após o fim do império britânico na região, mas a fronteira ainda é contestada pelos dois países.

Entre um e dois milhões de pessoas morreram na região, que ficou dividida em duas nações: a Índia, de maioria hindu; e o Paquistão, de maioria muçulmana.

Para o analista político paquistanês Hassan Askari, ambos os países têm suas queixas.

A presente tensão entre Índia e Paquistão não é natural. Como nenhum diálogo está acontecendo, essa relação está realmente ruim

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.