Monty Python fez George Harrison ficar são após o fim dos Beatles

George Harrison afirmou que, depois que os Beatles terminaram, ele quase entrou em depressão.

Só que ele foi salvo! Sim, pelo Monty Python!

George Harrison

Veja mais em: George Harrison ensinou Eric Idle que a fama não é real

Quem contou essa história foi Eric Idle, em sua autobiografia Always Look on the Bright Side of Life: A Sortabiography. De acordo com ele, “os pythons o mantiveram são durante o período tumultuado em que os Beatles estavam se separando”.

CÁLICE SAGRADO

Harrison conheceu Idle durante uma exibição do filme Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado. “Ouvi dizer que George queria me conhecer, mas estava um pouco tímido de conhecê-lo”, escreveu Idle.

Além disso, ele se disse tímido e tentou evitar conhecer o guitarrista dos Beatles, “mas ele se esgueirou para cima de mim no fundo do cinema quando os créditos começaram a rolar”.

FIM DOS BEATLES

De acordo com o livro, George Harrison afirmou que, quando os Beatles estavam se separando, o Monty Python o manteve são. “E é verdade! Então eu devo a eles!”.

Todos os Beatles eram fãs de Monty Python. O grupo estava no auge no momento em que os Beatles estavam terminando, e George disse que costumava assistir aos shows, e eles o mantinham são, o mantinham em movimento.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.