Pichações inspiradas em Monty Python intrigam moradores de Cambridge

No início da semana, algumas pichações inspiradas em Monty Python intrigaram os moradores de um bairro de Cambridge.

O que aconteceu? Eu explico.

Fotos: Cambridge News

Veja Mais Em: Artista faz grafite em homenagem ao Monty Python

Um manifestante irritado criticou o novo empreendimento habitacional do bairro escrevendo nos muros em latim. Detalhe, ele errou na gramática propositalmente.

Isso te lembra algo? Não?

E que tal o filme A Vida de Brian? Naquela cena em que Brian erra toda a gramática do latim ao pichar os muros do palácio de Pilatos?

CAMBRIDGE

Os moradores de Chesterton, Cambridge, descreveram o dano como “a coisa mais Cambridge” que já aconteceu.

A polícia está investigando o caso, e tudo leva a crer que isso aconteceu depois das propriedades terem seus preços elevados para 1,25 milhão de libras cada.

O revoltado cobriu as fachadas das casas com palavras artísticas brancas e pretas, em latim: “locus in domos” e “loci populum”.

LATIM

Alguns especialistas em latim estão tendo dificuldade em traduzir as frases com precisão. No entanto, significa vagamente “quarto na casa” e “pessoas locais”.

Mary Beard, professora da Universidade de Cambridge, disse que é difícil de traduzir. “Acho que o que eles estavam tentando dizer é que um belo lugar foi transformado em casas”.

Populum também é muito estranho. Poderia ser uma ortografia rara do plural genitivo, mas ainda assim parece improvável

Richard Taylor, morador do bairro, disse que é muito estranho. “Quem tem a capacidade de fazer grafite bem arrumado e artístico como este?”, finalizou.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.