Brendan Fraser revelou qual cena de seu filme John Cleese amou

O astro Brendan Fraser é um fã de Monty Python. Ele sumiu das telonas por um bom tempo, mas voltou recentemente. Com isso, vários meios de comunicação passaram a entrevistá-lo para saber mais sobre a sua vida.

Inclusive, numa dessas entrevistas, ele revelou que sentiu orgulho de uma cena de um filme seu, que John Cleese viu e amou.

John Cleese dublou o personagem Macaco, no filme “George, o Rei da Floresta”, com Brendan Fraser

Veja mais em: John Cleese contou qual foi o seu melhor momento no Monty Python

No ano 2000, Brendan Fraser estrelou a comédia Endiabrado, que ele contracenou com a bela Elizabeth Hurley.

DIABA

Esse filme é um remake do filme britânico de mesmo nome lançado em 1967. Endiabrado conta a história de Elliot, um homem manso e solitário que faz um acordo com uma diaba (Elizabeth Hurley) com o objetivo de mudar sua vida.

Dirigido por Harold Ramis (o Egon de Os Caçafantasmas), o filme serviu como uma das várias comédias peculiares que estabeleceram Fraser como uma presença identificável e engraçada nas telonas.

Em uma entrevista para o site ScreenRant, Brendan Fraser afirmou que o filme teve bastante influência de Monty Python. Além disso, o ator ficou compreensivelmente empolgado quando John Cleese riu com vontade da premissa de uma cena que envolvia o desejo de Elliot de ser rico e poderoso. Só que a diaba distorce o desejo e ele acaba se transformando em um traficante colombiano.

ENGRAÇADO

Veja abaixo o que Fraser disse sobre o momento:

No dia em que filmamos o traficante colombiano, estávamos em Montecito, Califórnia. E na hora do almoço, John Cleese, que na época morava lá, veio visitar o diretor Harold Ramis e perguntou: ‘o que você está filmando hoje?’ E então Harold explicou, ‘bem, é uma piada sobre um homem que fala espanhol, mas não sabe que fala espanhol até que começa a falar espanhol’. E Cleese deu uma gargalhada. Foi como um alívio, porque se fizemos John Cleese rir é porque ganhamos o selo de aprovação do Monty Python.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *