Meninas fazem o Andar Tolo e irritam autoridades na Grécia

Na semana passada, um grupo de meninas imitou Monty Python num desfile, em Atenas, na Grécia.

E isso irritou algumas pessoas.

O grupo de meninas que fez o Andar Tolo e irritou autoridades

Veja Mais Em: Saiba como ter uma aposentadoria Pythonesca

O fato aconteceu durante a solenidade onde todo o país lembra dos seus mortos na guerra. Então, o grupo de meninas fez o Andar Tolo durante o desfile.

Segundo o jornal Mail Online, as dez garotas disseram que estavam fingindo ser soldados insubordinados.

Fomos inspiradas pelo grande marechal de campo da comédia inglesa John Cleese, e por tudo o que é ensinado por Monty Python, explicou uma delas.

MILITAR

O Andar Tolo das meninas dividiu opiniões. Muita gente gostou do que viu, mas as autoridades gregas, não.

O prefeito da cidade de Nea Filadelfia (onde aconteceu o andar tolo), fez um desabafo no Facebook, e disse que elas insultaram a memória dos mortos.

E o grupo de meninas respondeu:

O que o militarismo pode fazer pela liberdade? O que a defesa da liberdade do povo tem a ver com esse patriotismo/militarismo que ensinamos às crianças?

Enfim, elas afirmaram que aquele andar tolo foi contra o militarismo, e nada mais.

Nota da redação: Se irrita as autoridades, então deve-se ser feito 

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.