Neil Innes processa o Monty Python

Neil Innes processou o Monty Python.

Em meio a tantas notícias boas sobre o retorno de Monty Python e sobre o novo filme, Absolutely Anything, o jornal Mail Online publicou uma notícia que cagou estragou tudo.

O cara que processou o monty python

Depois de perder uma batalha no Supremo Tribunal contra o produtor do filme Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado, Mark Forstater, por causa dos direitos do espetáculo Spamalot, o grupo está prestes a enfrentar um novo processo.

Agora, a ação vem de Neil Innes, que alega ter vários royalties ainda a receber. “Eric vai ter que explicar o que aconteceu com meus direitos”, disse Innes.

Para Eric Idle, ele foi longe demais.

Ele veio a público em uma entrevista dizendo que qualquer um poderia ter escrito essas músicas. Acontece que eu as escrevi.

NEIL INNES

Neil Innes, o cara que processou o Monty Python, foi um colaborador constante do grupo, desde a série Monty Python’s Flying Circus, e ajudou a compor a maioria das músicas dos filmes.

Eric Idle respondeu as acusações: “Neil Innes é um velho amigo e um homem inteligente. Não tenho ideia do porque ele está tão chateado e desejo-lhe o bem”.

Já o porta-voz do Monty Python finalizou: “Eric não tem nada a ver com a distribuição dos royalties“.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.