“É bom estar amando!”, diz John Cleese

Vocês imaginam a tremenda dor de cabeça que deve ter sido durante os três casamentos fracassados de John Cleese?

O primeiro, com sua ex-companheira de Fawlty Towers, Connie Booth; O segundo, com Barbara Trentham; e, o terceiro, com Alyce Faye Eichelberger.

john-cleese-alyce-amor-casados

Veja Mais Em: Pythoneando 19 – Sobre os amores dos membros do Monty Python

Agora, aos 75 anos, Cleese alega ter encontrado o grande amor de sua vida: Jennifer Wade, de 43 anos. Eles estão juntos desde 2012.

Em uma entrevista para o jornal Mail Online, ele contou que nunca tinha experimentado o amor até ter conhecido sua atual parceira:

É muito bom estar amando, na minha idade. Faz quase tudo parecer sem importância. Eu nunca tive essa experiência antes. Eu nunca tive esse tipo de conexão antes.

ESPOSAS

Enquanto o python admitiu que sua relação com a primeira esposa tinha “um pouco de riso”, foi sem graça com a segunda e artificial com a terceira.

Ou seja, depois dos três casamentos fracassados de John Cleese, ele só tece elogios à atual esposa:

É extraordinário, a nossa relação é extremamente brincalhona. Eu olho para outros jovens de 75 anos e eles não me parecem tão brincalhões.

John Cleese, o amado e amante, finalizou: “Não havia nada de muito errado com meus antigos relacionamentos, mas eu percebi que, amar e ser amado, é uma experiência transformadora e eu não tenho certeza de quantas pessoas têm a sorte de passar por isso”.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.