Atriz de ‘Spamalot’ xinga o escritor Salman Rushdie

O musical Spamalot, escrito por Eric Idle, tem a personagem Dama do Lago. É um fato diferente, já que o filme Em Busca do Cálice Sagrado, que o musical se baseia, não tem essa personagem.

Uma das atrizes que interpretou a dama na versão norte-americana foi Pia Glenn (essa da foto).

pia-glenn-spamalot

Veja Mais Em: Monty Python e os 7 musicais malucos

Em uma noite de 2007, num jantar na casa de Eric Idle, em Los Angeles, Pia conheceu o escritor britânico Sir Salman Rushdie.

Ela relembra:

Eric me acenou para onde ele estava falando com Salman e eu pensei, ‘Garotos serão sempre garotos! Eric está tentando arranjá-lo para mim’.

No jantar, Rushdie foi o convidado de honra e Pia estava sentada ao lado dele. “Eu disse a ele que li “Versos Satânicos” pela primeira vez quando tinha 11 anos. E quando eu disse que gostava de seu trabalho, ele se iluminou. Depois, Salman me levou para casa e me deu um beijo na boca”.

Tudo lindo até aí, mas na semana passada, Pia disse que Salman Rushdie é um “covarde , disfuncional e imaturo”.

Tudo porque Sir Salman terminou com ela por e-mail, três meses depois de uma viagem para Londres.

safadinho
Covarde , disfuncional, imaturo e safadinho…

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.