• Thiago Meister Carneiro

Morre Terence Bayler, de “A Vida de Brian”

Sabe o Sr. Gregory, aquele judeu que durante a cena de crucificação, no filme A Vida de Brian, não queria ser crucificado junto dos samaritanos?

Aquele que, quando o centurião perguntou quem era Brian, ele respondeu “Eu sou Brian! E minha mulher também!”?

Então, ele é o ator Terence Bayler. Ou, melhor, não é mais.

Ele morreu na manhã de ontem, aos 86 anos, de causa ainda não divulgada.

ATOR
Nascido na Nova Zelândia, Bayler começou sua carreira em 1952, no filme “Broken Barrier”, onde interpreta um jovem jornalista que se apaixona por uma mulher Maori.

Depois de se mudar para o Reino Unido, fez algumas participações regulares na televisão britânica. Em 1966, ele interpretou Yendom, no episódio “The Ark”, da série Doctor Who. Em 1969, ele voltou para a série interpretando o major Barrington, um oficial do exército britânico, no episódio “The War Games”.

BRIAN
Depois de Doctor Who, Terence Bayler fez alguns trabalhos com alguns membros do Monty Python, sendo o trabalho mais notável uma participação especial no filme A Vida de Brian, como o Sr. Gregory.

Ele também interpreta o mendigo que quer comprar a cabaça de Brian, enquanto este tenta se desvencilhar da população que o considera o messias.

Bayler também apareceu na série Rutland Weekend Television, de Eric Idle. Além do documentário The Rutles – All You Need Is Cah.

Ele apareceu em dois filmes dirigidos por Terry Gilliam: Brazil – O Filme e Os Bandidos do Tempo.

Anos depois, ele interpretou o Barão Sangrento, um dos fantasmas da saga Harry Potter.

Todos somos, Terence. Todos somos.
Todos somos, Terence. Todos somos.