O Cavaleiro Negro

O Cavaleiro Negro do Monty Python é um cavaleiro que guarda uma “ponte” (na realidade, uma pequena prancha de madeira) sobre um pequeno riacho, (que poderia ter sido facilmente atravessado), no filme Em Busca do Cálice Sagrado.

Black-Knight-monty-python

Extremamente hábil em esgrima, ele sofre de excesso de confiança e uma recusa em desistir.

No filme, o Rei Arthur (Graham Chapman), acompanhado por seu fiel servo Patsy (Terry Gilliam), está viajando através de uma floresta, quando ele entra em uma clareira e observa uma luta ocorrendo entre O Cavaleiro Negro (John Cleese) e o Cavaleiro Verde (Gilliam).

Como Arthur observa, o Cavaleiro Negro derrota o verde, atravessando a espada nos olhos do oponente.

EMPATE

Arthur parabeniza o Cavaleiro Negro e oferece-lhe um lugar na Távola Redonda, mas o Cavaleiro Negro fica parado segurando sua espada, sem responder nada.

Até que Arthur se move para atravessar a ponte, e o Cavaleiro Negro o impede.

Arthur ataca o Cavaleiro Negro e, depois de uma curta batalha, o braço esquerdo do Cavaleiro é arrancado.

O Cavaleiro Negro olha para o braço caído e diz:

Foi só um arranhão

Na insistência de lutar com o Rei Arthur, seu braço direito é arrancado, mas o cavaleiro ainda não admite e passa a chutá-lo, acusando-o de covardia. Em resposta aos pontapés e insultos, Arthur corta fora a perna direita do Cavaleiro Negro.

arthur-knight-black

Porém, ele insiste em lutar sem os braços e com uma perna só. Arthur pergunta:

O que você vai fazer? Vai sangrar em mim até vencer?

Finalmente Arthur arranca a perna esquerda do Cavaleiro, que ficou reduzido a um toco de homem. Arthur chama Patsy e sai, deixando o Cavaleiro Negro caído, gritando ameaças.

Fugindo, hein? Volte aqui pra eu morder suas pernas!

HISTÓRIA

E então, quer saber mais curiosidades sobre o Cavaleiro Negro do Monty Python? Então adquira o livro “A História (quase) Definitiva de Monty Python

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.