Monty Python e o cabelo menos convincente do cinema

O site Shadowlocked fez um post chamado Os 10 Cabelos Menos Convincente nos Filmes, e Monty Python está nessa lista.

Segundo o site, desde o início do cinema houve perucas. Muitas vezes, preocupados com a imagem de seus principais homens, os estúdios fizeram com que seus protagonistas masculinos parecessem perfeitos em todos os sentidos, incluindo cabelos.

chapman_meaning_of_life

Se eles possuíam cabelos, isso era irrelevante.

Estão nessa lista Frank Sinatra, Sean Connery, Samuel L. Jackson e Graham Chapman, no filme O Sentido da Vida.

“O Monty Python sempre usou uma variedade de cabelos engraçados em seus esquetes, mas o verdadeiro cabelo fora de moda é o incrível encaracolado de Graham Chapman cantando Christmas in Heaven no filme O Sentido da Vida.

Assemelha-se a um hamster com doença terminal saído de uma máquina de lavar. E os dentes completam o efeito ‘queijo cheio'”.

(com informações de Mark Iveson – Shadowlocked – 02-02-2011)

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.