Esquete dos Acidentes: um dos mais absurdos que existem

O Esquete dos Acidentes (Accidents Sketch) é um dos esquetes mais pythonescos que existem, tamanha é a carga de absurdo da cena.

Ele foi ao ar no dia 27 de outubro de 1970, e fez parte do episódio Live from the Grill-O-Mat, da segunda temporada da série Monty Python’s Flying Circus.

monty python eric idle graham chapman

Veja Mais Em: Créditos finais da série ‘Monty Python’s Flying Circus’ vão a leilão

No esquete, Eric Idle interpreta um homem de aparência inocente, mas propenso a acidentes quando entra numa espécie de estabelecimento, a Prawn Salad Ltda.

Até aí tudo bem. O negócio começa a ficar pythonesco quando o que acontece a partir daí…

ACIDENTES

O homem dá início a uma série de catástrofes completamente absurdas (sem querer), apenas por estar no lugar.

Durante cerca de três minutos, Idle quebra um espelho, sem ao menos tocá-lo…

eric idle esquete acidente

Além disso, ele derruba uma estante, apunhala a empregada (Carol Cleveland) com uma “adaga brasileira”. Também faz com que o jardineiro (Terry Jones) caia pela janela, induz um policial (Michael Palin) a ter um ataque cardíaco, faz com que o telhado caia sobre o mordomo (Graham Chapman) e, finalmente, faz com que…

Bem, veja abaixo o que acontece no Esquete dos Acidentes:

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.