O último trabalho de Terry Jones foi em um aplicativo

Ontem, o jornal Mail Online noticiou sobre o último trabalho de Terry Jones.

De acordo com a publicação, Jones teria participado do desenvolvimento do aplicativo Chaucer’s Canterbury Tales (ou Os Contos da Cantuária de Chaucer).

Terry Jones dedicou dois livros para estudar vida e obra de Chaucer

Veja Mais Em: De como Terry Jones escreveu ‘Labirinto’

Esse aplicativo é o primeiro a apresentar uma grande obra literária, e está recheado de pesquisas atualizadas.

Terry Jones, que já tinha escrito dois livros sobre Chaucer, trabalhou no “Prólogo” do aplicativo.

Além disso, o texto usado no aplicativo é baseado na tradução da obra seminal de Jones, que era especialista em Idade Média.

TERRY JONES

O responsável pelo aplicativo é o professor Peter Robinson, da Universidade de Saskatchewan, no Canadá. Ele elogiou o trabalho do python:

Estamos satisfeitos por saber que Terry tenha conseguido ver e ouvir este aplicativo nas últimas semanas de sua vida. Seu trabalho e paixão por Chaucer foram uma inspiração para nós.

CHAUCER

Geoffrey Chaucer foi um escritor, filósofo, poeta e diplomata inglês. Ele também é considerado o escritor mais importante antes de Shakespeare.

Por fim, assim como Shakespeare, ele é considerado “pai da literatura inglesa”. É atribuído a Chaucer o fato de ter sido o primeiro autor a demonstrar a legitimidade artística do inglês nativo, em vez do francês ou do latim.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.