John Cleese foi vaiado depois de fazer piada polêmica

O membro mais alto do Monty Python, John Cleese, está em turnê pelos Estados Unidos.

Junto com a sua filha, Camilla Cleese.

John Cleese Foi Vaiado Depois de Fazer Piada Polêmica

Veja Mais Em: O filme do Monty Python que quebra a quarta parede 

Nessa turnê, os dois fazem mil piadas (inclusive um com o outro), além de exibições de filmes do Monty Python e sessões de perguntas e respostas com participação do público.

Na cidade de Durham, as piadas de John foram recebidas com riso, mas teve uma que o público achou que foi longe demais.

POLÊMICA

Durante a sessão de perguntas e respostas, um rapaz do público perguntou se Kellyann Conway pesava mais que um pato.

Observação pertinente: Kellyann Conway foi a diretora da campanha eleitoral de Donald Trump, e hoje é conselheira na Casa Branca

E, eis que John Cleese responde de forma polêmica:

Kellyann Conway, aliás, é feita de madeira. Então, ela flutua, porque a madeira flutua… a menos que se chame Natalie.

MADEIRA

Nessa resposta, Cleese se referia à atriz Natalie Wood, lembrando que “wood” é “madeira” em inglês.

A questão da tal polêmica é que Natalie morreu afogada, durante um passeio de barco, em 1981.

Depois de ter sido vaiado pela plateia depois de fazer a piada polêmica, ele acrescentou:

Oh, essa é uma piada terrível, não é? Realmente insensível

Fazer piada polêmica, pois esse é um trabalho para John Cleese!

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.