• Thiago Meister Carneiro

Coelho de Troia do Monty Python Está à Venda

Ontem, foi anunciada a venda de um tesouro completamente original: o Coelho de Troia, do filme Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado.

Na verdade, se trata de uma miniatura feita pela modelista Valerie Charlton, que trabalhou no filme.

Essa miniatura nunca tinha sido vista, até agora.

Mas quem é Valerie Charlton? E por que ela trabalhou no filme?

Em 1975, durante a produção do filme Em Busca do Cálice Sagrado, ela era namorada de Julian Doyle, o câmera (que já tinha trabalhado no Flying Circus), e através dele, ela foi contratada para fazer os modelos.

Veja Mais Em: Já Ouviu Falar em Julian Doyle?

TESOUROS
Além da miniatura, Valerie guardou também um roteiro original com várias anotações e fotos de bastidores, também com anotações.

A miniatura do Coelho de Troia (toda de madeira) está sendo vendida por 10 mil libras (cerca de R$ 44 mil).

Em uma carta que acompanha a miniatura, Valerie conta que o enorme coelho de madeira foi construído e filmado no local.

“Houve um momento tenso, pois vimos que [o coelho] seria içado no ar por um guindaste para ser deixado cair de uma grande altura em que só poderia ser feita uma tomada”.

Veja Mais Em: John Cleese Vende Adereços Por Causa do Divórcio

MAIS TESOUROS
Acompanhando o coelho, uma cópia do livro Monty Python and the Holy Grail (book), que tem ricos detalhes sobre o making of do filme.

O prefácio, escrito à mão por Valerie, diz: “Naquelas quatro semanas produzindo o que viria a se tornar um filme britânico icônico, eu conheci muitas pessoas que permaneceram amigos de longa vida. Foi o início da minha carreira como uma especial fabricante de modelo de efeitos.

Além do Coelho de Troia, das fotos de bastidores e do livro acima citado, dois elmos feitos de fibra de vidro, que pertenceram aos cavaleiros no filme, também estão à venda, ao custo de 600 libras (cerca de R$ 2,5 mil).

Veja Mais Em: Um Trailer Moderno do “Cálice Sagrado”

Uma nota assinada por John Cleese, que brinca com o namorado de Valerie Julian, diz: “Para Val, com amor e pensamentos liberais. Esta cópia não é para Julian”.

VENDA
Para Peter Cooper, pesquisador da loja The Prop, de Londres (que está vendendo os lotes), qualquer coisa como estas, que são tão pessoais, gera um grande interesse dos fãs.

“Elas dão uma rara visão sobre a realidade por trás da produção, e é muito interessante ver as mensagens personalizadas e anotações”.

Os itens serão vendidos no dia 27 de setembro.