Eric Idle e as travessuras de Germaine Greer

A australiana Germaine Greer é uma escritora considerada uma das feministas radicais mais famosas do mundo. E Eric Idle tem um segredo sobre ela.

Ele revelou esse segredo durante uma entrevista bombástica e polêmica (na verdade, nem foi tão polêmica assim), mas mostrou que a escritora realmente sempre foi uma mulher à frente de seu tempo.

germaine-greer-monty-python-01

Veja Mais Em: Será que John Cleese é feminista?

Acontece que, durante os anos 1960, ela participou do grupo de teatro amador da Universidade de Cambridge. Desse grupo, fizeram parte Eric Idle, John Cleese e Graham Chapman: o Cambridge Footlights Revue.

SEXO

Eric recordou o momento em que a jovem Germaine Greer tentou dormir com cada membro do grupo, enquanto eles estavam em turnê.

Eu a conhecia muito bem, eu gostava muito dela. Ela era muito engraçada e uma garota muito malvada na época.

A turnê em questão era de um espetáculo chamado My Girl Herbert, em 1965.

De acordo com uma entrevista, Eric Idle revelou que os dois tinham feito uma aposta muito da sem-vergonha: “Ela apostou comigo que poderia dormir com todos os membros do grupo. Ela não conseguiu, então preferiu deixar de lado o seu comportamento sem-vergonha”.

Depois dessa, só posso dizer uma coisa: “Naughty, naughty…”

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.