Escritora diz que “ser fã é um grande empreendimento”

A americana Molly Lavik escreveu um livro que afirma que ser fã é um grande empreendimento, e celebra os maiores empreendedores do mundo.

Tá, mas o que isso tem a ver com Monty Python?

ser fã é um grande empreendimento

Tem a ver que ela se impressionou com a dedicação de John Wood (lembra-se dele?) para se tornar o maior fã de Monty Python.

Então, Molly decidiu incluir John em seu livro – no caso de John como um super fã.

FÃS

Também fã dos pythons, Molly conheceu John quando foi assistir o show de retorno/despedida Monty Python Live (Mostly), que aconteceu em julho deste ano.

Como sou uma enorme fã de Monty Python, é muito emocionante caracterizar John como um fã extraordinário.

John, que é Especialista em Mídias Sociais, já viu o espetáculo Spamalot 16 vezes, viu o show de retorno quatro vezes e até mesmo levou Terry Gilliam para almoçar.

john-wood-monty-python-ministry

Fiquei muito honrado quando Molly se aproximou de mim. Quando as pessoas pensam em sucesso, logo vêm à cabeça o sucesso financeiro, mas o objetivo de seu livro é levar as pessoas a seguirem sua paixão. Python é o centro de minha vida e me faz muito feliz. Gosto de pensar que sou um pouco maluco, eu odiaria ser normal. Onde está a diversão nisso?

Por fim, para saber mais sobre o projeto de Molly Lavik, clique aqui.

Não clique aqui.

Thiago Meister Carneiro

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 40 anos na cara. Às vezes grava o podcast "Pythoneando" e às vezes assiste Monty Python na Netflix. Autor dos livros "A História (quase) Definitiva de Monty Python" e "O Guia da Carreira-Solo dos Membros do Monty Python"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.