• Thiago Meister Carneiro

Os Castelos de “Em Busca do Cálice Sagrado”

castle stalkerCastelo Stalker é uma torre de quatro andares localizada numa ilhota no lago Linnhe, na Escócia.

Essa ilhota é acessível (com dificuldade) a partir da costa na maré baixa.

O nome “Stalker” vem do gaélico Stalcaire, que significa “caçador” ou “falcoeiro”, e deve, portanto, ser pronunciado stal-ker, e não como na pronúncia do inglês (stocker).

Enquanto a maioria das cenas de castelo foi filmada em torno do Castelo de Doune, o Castelo Stalker aparece na cena final.

Ele é de propriedade privada e suas visitas são abertas ao público.

Além de servir de cenário para Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado, o Castelo Stalker também apareceu no filme Highlander.

doune-castleCastelo Doune é uma fortaleza medieval perto da aldeia de Doune, no centro da Escócia. Uma pesquisa recente mostrou que ele foi construído no século XIII.

Para o filme, os produtores conseguiram uma permissão do National Trust for Scotland (órgão que protege e promove o patrimônio natural e cultural da Escócia) para filmar cenas em vários castelos escoceses.

No entanto, a National Trust retirou sua permissão, deixando os produtores só com a permissão do proprietário do Castelo Doune.

Assim, várias cenas foram filmadas no mesmo castelo, com diferentes ângulos para manter a ilusão de que são castelos diferentes. As cenas no Doune incluem:

No início do filme, o Rei Arthur (Graham Chapman) e Patsy (Terry Gilliam) se aproximam do muro leste e discutem a questão dos cocos e andorinhas.

A música e a dança dos “Cavaleiros da Távola Redonda” em “Camelot” foi filmada no Grande Salão.

Doune_Castle_grande-salão

A cena em que Sir Galahad (Michael Palin) é perseguido pelas garotas sedutoras no “Castelo Anthrax” foi feita dentro do castelo.

O casamento interrompido por Sir Lancelot (John Cleese) foi filmado no pátio e no Grande Salão.

Doune_Castle_plan
Planta do Castelo Doune / Autor: Jonathan Oldenbuck

A versão em DVD do filme inclui um documentário em que Michael Palin e Terry Jones revisitam o Castelo Doune e outros locais utilizados para a filmagem.

Esse castelo tornou-se um local de peregrinação para os fãs de Monty Python.

Mais Coisas Pythonescas:

Jornalista Especialista em Estudos Linguísticos e Literários, 35 anos na cara. Foi para Camelot, mas desistiu de entrar porque era um lugar muito idiota.