• Thiago Meister Carneiro

O Retorno de Monty Python é a Pedra no meu Sapato

terry-gilliam-wachowskiEm uma entrevista para o site The Big Issue, Terry Gilliam falou sobre o sentido da vida, Dom Quixote e o retorno de Monty Python aos palcos:

É uma coincidência você estar revivendo O Homem Que Matou Dom Quixote logo após o dia de pagamento do retorno aos palcos?
Esse retorno é uma pedra no meu sapato. Não fazia parte dos meus planos para este ano. Eu preciso me concentrar em Quixote, estou dirigindo uma ópera e minha autobiografia está a caminho. Esse retorno veio e me ferrou porque é um monte de trabalho.

Então você é o menos entusiasmado com esse retorno?
Não é questão de gostar ou não. Eles são meus amigos, e eu os amo. Mas estou cansado. Vai ser um grande show, não estou preocupado com isso.

Terry Jones deu a entender que pode haver uma turnê pelos EUA. Isso ainda é provável?
Todos ficaram animados com essa possibilidade. Mas, felizmente, Palin já está compromissado com suas viagens, e eu tenho outras coisas que quero fazer, então não haverá mais datas.

Como alguns de seus outros filmes, The Zero Theorem é sobre a busca pelo sentido da vida. É sem sentido se preocupar com o sentido da vida?
A vida não tem um significado. O sentido dela é com você.

Seus filmes lidam com a confusão e incerteza sobre o futuro…
Que claramente não tem nada a ver com a realidade! Conforme você envelhece você vê que está mais fora de controle.

Está mais fora de controle ou você se tornou mais conservador ao longo dos anos?
Você pode estar certo, eu sou um velhote agora. Quando a minha geração cresceu ficamos muito politicamente ativos e havia um senso de responsabilidade. Esperávamos que pudéssemos fazer as coisas melhor. Nós marchamos e mudamos as coisas. Eu sou um dos responsáveis pelo movimento dos direitos civis, pelo feminismo. Mas agora eu sou apolítico. Eu não sei mais como mudar as coisas.

Os protestos na Ucrânia não provaram que o poder do povo ainda existe?
Eles ainda são livres o suficiente para fazer isso. Jogar tudo fora e começar outra coisa. Mas eu odeio o mundo em que vivemos agora. Alguém comete o menor erro e é processado. Se você tiver sorte, você pode ser uma vítima. Estamos em uma era em que os direitos das vítimas têm substituído os direitos civis.

terry-gilliam-diretor

O Netflix disse que só vai fazer espetáculos com base em dados coletados de clientes, para que eles conheçam as pessoas que vão vê-los. Isso é simplesmente estúpido. É extraordinário quando as pessoas acabam sendo ovelhas lideradas pelo Google ou pela Amazon. Agora a Amazon sabe do que eu gosto e que eu quero matá-los.

Você ataca o mundo online, mas em The Zero Theorem é o único lugar que o personagem principal, Qohen, tem poder. Você é otimista sobre a tecnologia? Muitas pessoas acham o mundo virtual mais gratificante. Nós não estamos falando sobre o futuro – essa é a realidade agora, mas essas coisas são apenas distrações. Desligue. Pare. Vá para fora e sente-se debaixo de uma árvore, enquanto o sol está brilhando.