• Thiago Meister Carneiro

Monty Python Está Proibido no Texas, mas Hitler não

O caderno internacional do jornal inglês The Guardian informou que “Monty Python’s Big Red Book (O Grande Livro Vermelho de Monty Python)” está banido das prisões do Texas, nos Estados Unidos.

A decisão é do Departamento de Justiça Criminal do Texas.

Leia Mais Sobre: O Grande Livro Vermelho de Monty Python é Azul 

Segundo a matéria, a razão disso é porque o livro do Monty Python contém nudez ou imagens sexuais.

PROBIDÃO
Além de Monty Python, também estão proibidos livros como “A Cor Púrpura”, de Alice Walker e “Freakonomics”, de Steven Levitt.

Ah, também estão banidos um livro de sonetos de Shakespeare, o livro infantil “Onde Está o Wally?” e um livro sobre  Homer Simpson.

Mas não é só o banimento dessas obras que causa estranhamento, mas o fato de que não foram banidos livros como “Mein Kampf”, de Adolf Hitler, e dois livros de David Duke, supremacista branco e ex-membro da Ku Klux Klan.

Veja Mais Em: Terry Gilliam E As 13 Cenas Mais Difíceis De Filmar

Outros livros que os presos de lá podem ler são “Satan’s Sorcery Volume I”, assim como “O Livro Sagrado de Adolf Hitler”, de James Battersby, que é descrito na Amazon como “a bíblia do neonazismo”.

RESPOSTA
O diretor executivo da ACLU (sigla para “União Americana de Liberdades Civis”) do Texas, Terri Burke, explicou que todos devem ter o mesmo acesso à literatura do que qualquer um na sociedade.

“Não há desculpas para proibir livros nas prisões. Adolf Hitler e David Duke devem estar lá tanto quanto Salman Rushdie e Alice Walker”.

Mas ele não soube explicar o porquê de Monty Python ter sido banido.

Jason Clark, vice-chefe do Departamento de Justiça Criminal do Texas, disse que os livros de Duke e Hitler estão de acordo com as diretrizes do estado.

“Mein Kampf está na lista aprovada porque não viola nossas regra”, finalizou, sem explicar o porquê de Monty Python ter sido banido.