• Thiago Meister Carneiro

John Cleese Recusa o Politicamente Correto

É, minha gente. O politicamente correto fez mais uma vítima: um membro do Monty Python.

Acontece que John Cleese é um exímio palestrante, que sempre foi à escolas e universidades para falar coisas legais e sérias, como educação, psicologia e filosofia, entre outros assuntos.

Só que ele decidiu não mais fazer isso.

E o motivo é que o politicamente correto assumiu de vez o mundo.

Segundo o jornal inglês The Telegraph, Cleese revelou que foi aconselhado a não realizar mais palestras a estudantes, pois o medo de ofender alguém cresceu tanto que qualquer tipo de crítica é agora visto como “cruel”.

John disse que as pessoas que não conseguem controlar suas emoções buscam controlar os outros. E isso é um fato.

Em um vídeo, ele explicou: “Recebi recentemente um alerta para não ir a campus universitários porque a correção política foi tomando lugar das boas ideias, onde qualquer tipo de crítica de qualquer tipo de indivíduo ou grupo pode ser rotulado como cruel”.

E John Cleese, filosoficamente, conclui:

“A questão toda sobre a comédia é que toda comédia é crítica”.